sábado, 21 de junho de 2014

Saia Justa


Sai da cena à  francesa
Sem coragem  e sem graça.
Corre à boca pequena
O que se bebe na taça.
E, entre as pernas da mesa,
A  farra não é amena. 
Sobre farelos de massa
A pólvora está acesa.
Nem saindo à francesa
Livra-se da carapaça.

Nenhum comentário: