quarta-feira, 19 de março de 2014

Amor Singular


Era um amor como tantos
E, ao mesmo tempo, como nenhum.
Amor sem risos e cheio de prantos.
Fantástico em sua essência;
Amor além da aparência.
Muito mais que incomum.
Tal amor celeste.
Daqueles com que o nascer lhe reveste.
Ambos:
O amor e sua amada.
Casal de pombos
Atraído.
Sina malfadada;
Destino traído.
Romance que chora.
Sangue derramado
Que tinge a amora.

Nenhum comentário: