domingo, 2 de março de 2014

Contemplação





No céu, todas as estrelas,
As nuvens, a Lua

(Vestida de brilho ou nua).
Tão longe, mas posso vê-las.
O Sol e sua cabeleira

Inibem o meu olhar intenso.
O Sol é mago - eu penso.
O Sol, eterna fogueira.


De noite, a Estrela d'Alva
Cintila em sua doce paquera.
Guia, orienta e salva
Quem por ela crente espera.


As nuvens num desfile sucessivo
Exibem infindas figuras:
Alvo panorama sugestivo;
Quadro exposto "in natura".

Nenhum comentário: