quarta-feira, 24 de julho de 2013

Inverno


E veio o inverno frio e tristonho,
Alongando a noite
Com seu silêncio medonho,
Que mais parece açoite
Aos nossos ouvidos
Famintos por canções.
E veio o inverno melancólico,
Trazendo tantas emoções.
O inverno Cinzento,
Metabólico,
Pachorrento...
O inverno
Gélido,
Quase eterno...
Afastando tudo o que é cálido.
Cheio dum oportuno ócio,
Até que chegue o equinócio,
E o leve assim descolorido,
Desbotado,
Comprido...
Deixando para trás
A noite, antes prolongada,
Trazendo a primavera
Vivaz
Tão esperada!

Nenhum comentário: