domingo, 7 de julho de 2013

Assim é amar


Amar alguém
É sentir saudade,
Mesmo quando ele está presente.
É um sofrer consciente.
É sentir calma e tempestade.
É perder a liberdade,
Mesmo estando liberto.
É o coração inquieto.
É medo e satisfação,
Quando esse alguém está consigo.
É temer o castigo
Pela boa sensação
Que lhe invade.
É uma louca tempestade
De puro desejo e efusão.
E, embora esse alguém esteja fora,
Dentro de si ele mora,
Então, às vezes, ele  aflora
Como uma erupção.

Nenhum comentário: