sábado, 8 de junho de 2013

Explícita Catarse


Sentei a pua e o olhar "meduso".
O mero e submerso berro de dor e sentimento,
Agora é algo difuso;
Não mais íntimo tormento.

Tal vendaval o meu íntimo eclode
E faz-se lamento audível,
Pois o insano tudo pode;
Até o que não lhe é possível.

Tornei-me de dor, por ora, vazia.
Mas para o sofrer não há previsão.
E a expectativa me angustia,
Fazendo já dor essa expectação.

Nenhum comentário: