sábado, 9 de março de 2013

Tarde lilás




Cai uma sombra sobre o dia ainda iluminado.
Réstias, porções do Sol que quase afastado.
Ao fundo, raios lilases pintam das nuvens a brancura 
E se misturam com a cor cinza escura.

E, a tarde que nasce com um laranja, surpreendente
Vai recrudescendo assim, furta-cor.
No céu, as nuvens sorrateiramente
Enchem a paisagem de esplendor.

E  a atmosfera em tons lilases,
Que paira na tarde por um momento,
Esvai-se com a noite e o seu surgimento,
Em cenas tão belas quanto fugazes.

Nenhum comentário: