domingo, 24 de fevereiro de 2013

Acreditar



Buscando um mar na ilusão,
De longe avistei um azul.
Em resposta à minha oração,
Meu olhar foi pros lados do sul.

Porém, tudo ficou indeciso;
Encontrar um mar ilusório
Parecia algo sensório.                                                             
Mas na vida acreditar é preciso.

Minha visão, mais apurada,
Adentrou de uma vez, com esperteza,
Na primeira nau encontrada.
Para escapar, assim, da correnteza.

Para concretizar sua idealização,
É preciso não estar cego de fé.
É preciso acreditar para se ter visão
Das coisas que na vida se ter quer.

Nenhum comentário: