sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Absorta caminhada






Caminho lado a lado com as ondas do mar.
Meu caminhar pela praia é simultâneo ao meu caminhar pela mente.
Não estou presente!
As ondas batem e voltam molhando-me a roupa.
Sinto-me distante
Em meu caminhar quase elegante.
Caminho ausente.
Minha presença é tão pouca!


Perco meu olhar no mar, no seu grande manto.
Degusto cada passo neste recanto.
Porque a brisa se faz ventania
Sinto-me gélida, fria.
Mas por dentro, aquecida.


A faixa de areia me deixa um pouco esquecidaDa agitação cotidiana. 
Ouvir  o mar me embala a caminhada pela mente e pela praia.
Volto ao ponto de partida antes que a noite caia.
Caminho de volta pela faixa plana.

Nenhum comentário: