quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

A verde esperança








Ela é mais bonita que a Lua dourada
No alto céu.
Que uma plantação de trigo dançando ao vento.
Esperada
Num lugar do pensamento.
Ela é sempre bem-vinda; todo o tempo.
Mais sentida que o palpitar do coração,
Que um socorro, um caloroso aperto de mão.
Ela é mais auspiciosa que o alvorecer,
Que o nascente mais revigorante.
Ela é mais verde que uma planta ao nascer
De dia.
Mais que o verde de um corante.
Mais reconfortante que um ombro amigo
É como um antídoto do perigo.
Alivia!
Mais intensa que o entusiasmo
Cessa os espasmos
De nossa alma ansiosa.
Esperança,
Companheira preciosa
Da gente
Em nossas andanças.

Nenhum comentário: