sábado, 27 de outubro de 2012

Espera Frustrante




Teu beijo ansiosamente esperei
Burlei minha dor, evitei pensamentos
Inútil tentativa; expandiu-se o sentimento
Na tela de minha mente te ampliei.

Aquele beijo seria o portal para uma viagem
A um possível recomeço
Como um rito de passagem
Como de uma jogada o arremesso.

Faria de minha vida um sonho real
Como o arrebol ao entardecer
Como o despertar matinal
Como a lua ao anoitecer.

Minha vida seria loura, encantada
Eu acordaria de um sono profundo
Para uma realidade tão sonhada
Para um novo e idealizado mundo.

Tola espera pela vida encantada
Corro atrás do tempo desperdiçado
Tempo perdido numa idealização frustrada
À espera de um beijo imaginado.


Nenhum comentário: